Jornal Republicano – Órgão Regionalista das Beiras – Há 94 anos a informar
Fundador: 
Adriano Lucas (1883-1950)
Diretor "In Memoriam":  
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Alunos de enfermagem sem exames devido à greve de professores


Segunda, 24 de Junho de 2024

Os estudantes da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) estão a ser afetados devido à greve de professores. Segundo dados relatados pela representante dos alunos, até ao dia de ontem já se contabilizam «cerca de 31 provas não realizadas», afetando assim «perto de 700 estudantes» que se viram impedidos de realizar as suas provas de avaliação nos diferentes anos do curso. A denúncia é realizada por uma estudante de enfermagem que expõe a situação através de um email enviado ao Diário de Coimbra. «Até à data [de ontem], a greve faz-se sentir entre a comunidade estudantil, afetando estudantes de diferentes anos da licenciatura», avançou Jéssica Domingues. Segundo a mesma, os estudantes tiveram conhecimento que os docentes «haviam convocado greve às avaliações» no final do mês de maio e a situação prolongaria-se até ao início de julho, contudo, na semana passada o Sindicato dos Professores da região Centro prolongou a greve sem data de término.
A Associação de Estudantes da instituição já reuniu com a presidência, contudo «não foi apresentada aos estudantes nenhuma declaração oficial ou proposta de solução para minimizar as atuais consequências desta greve», adiantou.
«É de salientar que a nossa luta não é contra a causa dos professores, que é, de facto, digna e plausível. Lutamos a favor de nós próprios, para que os nossos direitos sejam salvaguardados e as nossas vozes sejam ouvidas», rematou.

Expofacic 2024