Jornal Republicano – Órgão Regionalista das Beiras – Há 94 anos a informar
Fundador: 
Adriano Lucas (1883-1950)
Diretor "In Memoriam":  
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

MATE prepara 2.ª edição abrindo candidaturas para projetos artísticos


Segunda, 17 de Junho de 2024

O Festival MATE - Música Arte Tecnologia e Educação já tem datas para a segunda edição. De 19 a 22 de outubro, editoras de música, diretores de sala, produtores de festivais, curadores e artistas, portugueses e de vários outros cantos do mundo, vão juntar-se ao público, em Coimbra, para quatro dias de um evento que pretende potenciar a diversidade cultural e artística, promovendo um território, também diverso, como é o da Região de Coimbra.
Depois do sucesso da primeira edição - algum visível, como os cerca de três mil participantes, e outro menos visível, como o número de contactos, parcerias e espetáculos potenciados pelo festival - Eron Quintiliano, a alma do MATE e responsável pelo seu nascimento, há mais de 20 anos, em Porto Alegre no Brasil (ver texto nesta página) acredita que esta segunda edição poderá trazer mais do dobro de pessoas a Coimbra e à região, consolidando, com algumas novidades que estão a ser preparadas, o seu papel de promotor e potenciador das industrias criativas e artísticas, do mundo, mas em particular do universo dos países de Língua Portuguesa.
Sem querer desvendar muito do que será esta edição, Eron Quintiliano confirma que o MATE far-se-á notar na região muito antes do mês de outubro, estando a ser preparadas, entre muitas outras propostas, residências artísticas nos 19 municípios da CIM Região de Coimbra a criar performances que, depois, serão apresentadas em Coimbra durante o festival.
No imediato - mais propriamente esta semana - vai acontecer o primeiro grande momento da 2.ª edição: a abertura das convocatórias para todos os artistas que tenham propostas de projetos a apresentar durante o festival. «As convocatórias estão divididas em quatro grandes categorias: Música, Arte, Tecnologia e Educação e a ideia é que possamos receber as mais variadas propostas: artísticas, criativas, empreendimentos, pesquisas...», confirma Eron Quintiliano, convidando todos quantos tenham «projetos inéditos, contemporâneos» para que os enviem (ver www.matefestival. com) candidatando-se a fazer parte da história desta edição do MATE, com a sua proposta exposta durante o festival.

Expofacic 2024