Jornal Republicano – Órgão Regionalista das Beiras – Há 94 anos a informar
Fundador: 
Adriano Lucas (1883-1950)
Diretor "In Memoriam":  
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Detido autor de assalto violento a loja chinesa


Sexta, 10 de Maio de 2024

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 28 anos, suspeito da prática dos crimes de roubo, ofensa à integridade física qualificada e detenção de arma proibida. Aconteceu no sábado passado, em Carregal do Sal. De acordo com fonte da Diretoria do Centro da PJ, o suspeito entrou no estabelecimento comercial e dirigiu-se imediatamente para o espaço interior do balcão de atendimento. Surpreendida com a atitude estranha do suposto cliente, a funcionária da “loja chinesa” levantou-se da cadeira e de imediato foi violentamente agredida, com o suspeito a atirá-la ao chão e a prosseguir as agressões, inclusive com uma arma de fogo que tinha em sua posse. Depois, abriu a caixa registadora e apoderou-se de todo o dinheiro que ali se encontrava, uma verba que não ultrapassava em muito a centena de euros, refere a PJ.
Entretanto, a senhora, de origem chinesa, que se mantinha prostrada, conseguiu levantar--se do chão, facto que lhe valeu ser sujeita a uma nova investida de violência, com o assaltante a repetir as agressões, usando, mais uma vez, a arma de fogo. Com a vítima atirada ao chão e bastante maltratada, abandonou tranquilamente a “loja chinesa”.
«Foi uma dose de violência excessiva», sublinha fonte ligada à investigação, garantindo que a vitima nem sequer ofereceu resistência e sofreu múltiplos ferimentos e traumatismos em todo o corpo, que a obrigaram a receber tratamento hospitalar. A PJ refere, ainda, o «sentimento de insegurança» e «alarme social» que esta situação gerou na população de Carregal do Sal e que mereceu uma intervenção prioritária e assertiva por parte dos inspetores, com resultados positivos. Com efeito, o assalto e as agressões aconteceram no passado sábado, ao final da tarde, por volta das 18h20, e o suspeito foi detido dois dias depois, numa ação onde da PJ contou com a colaboração do elementos da GNR de Carregal do Sal.
Segundo apurámos o suspeito terá usado uma viatura com matrícula alterada aquando do assalto, mas na altura da detenção já tinha reposto a matrícula verdadeira e estaria, inclusive, acompanhado pela família.
O detido é um homem de 28 anos, estrangeiro, que está radicado na zona de Carregal do Sal com a família. Tem trabalhado no comércio e na indústria, mas atualmente está desempregado. Já estava referenciado por crimes contra o património, num caso de furto, mas que nem de perto nem de longe envolveu o registo de violência que usou agora, de forma completamente despropositada. A PJ não descarta a possibilidade de estar, eventualmente, envolvido noutros crimes, situação que está a ser investigada.
O suspeito foi presente, quinta-feira, às autoridades judiciárias e encontra-se em prisão preventiva a aguardar julgamento.|

Suplementos Temáticos