Jornal Republicano – Órgão Regionalista das Beiras – Há 93 anos a informar
Fundador: 
Adriano Lucas (1883-1950)
Diretor "In Memoriam":  
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

P.A.J.E. estuda como vivem jovens no país “a jusante” do acolhimento


Quinta, 04 de Abril de 2024

A P.A.J.E. - Plataforma de Apoio a Jovens (Ex)Acolhidos vai desenvolver o primeiro estudo sobre trajetórias de pós acolhimento em Portugal, de modo a que seja possível traçar um cenário real sobre como vivem os jovens acolhidos quando, aos 18 anos, deixam as instituições e enfrentam a vida autónoma.
«Interessa saber o que acontece a jusante do acolhimento. Até agora, o que temos é dados empíricos sobre quantos estão em prisões, quantos estão ou já estiveram em situação de sem-abrigo, quantos têm problemas de saúde mental, quantos são vítimas de violência doméstica ou sofrem qualquer outra forma de vitimização», avança ao Diário de Coimbra João Pedro Gaspar, presidente da P.A.J.E. e mentor deste estudo pioneiro, que contará com a colaboração de Madalena Alarcão, professora da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
«Não se sabe a realidade, mas sabe que é um número considerável de jovens os que vivem nestas condições», afiança o responsável, esperando que no final deste ano seja possível apresentar as conclusões deste primeiro estudo e, nesse momento, traçar um cenário da realidade das trajetórias após o acolhimento. «É importante conhecer o que acontece a jusante para saber como fazer melhor a montante, no momento do acolhimento», esclarece João Pedro Gaspar, falando num trabalho que envolverá cerca de três centenas de jovens ex-acolhidos de 70 casas de acolhimento de norte a sul do país e ilhas, selecionadas com base no Relatório CASA, que deixaram as instituições durante os anos de 2019 e 2022.
«Queremos saber quais as trajetórias destes jovens, cinco e dois anos depois», explica, falando na intenção de continuar a acompanhar estes mesmos jovens no futuro.
Após a criação de um inquérito, o estudo está neste momento na fase de recolha de dados, sendo previsível que durante o mês de setembro todos estejam tratados, a tempo de os resultados serem apresentados no final do ano.

Tasca do Ronaldão



Edição de Hoje, Jornal, Jornais, Notícia, Diário de Coimbra, Diário de Aveiro, Diário de Leiria, Diário de Viseu