Jornal Republicano – Órgão Regionalista das Beiras – Há 93 anos a informar
Fundador: 
Adriano Lucas (1883-1950)
Diretor "In Memoriam":  
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Coimbra quer alavancar ensaios clínicos de iniciativa nacional


Quarta, 03 de Abril de 2024

Portugal participa em diversos estudos clínicos multinacionais, mas raras vezes como coordenador desses mesmos projetos de investigação. Alavancar os ensaios clínicos de iniciativa do investigador, coordenados a partir do nosso país, é um dos grandes desafios assumidos por João Sargento Freitas, médico neurologista da Unidade Local de Saúde (ULS) de Coimbra e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, que acaba de assumir a coordenação da Portuguese Clinical Research Infraestructure (PtCRIN), uma infraestrutura que junta 26 instituições nacionais que se dedicam à investigação clínica, articulando-se com a rede europeia ECRIN.
Com eleição do médico de Coimbra para a liderança da PtCRIN, a que não foi alheio o ecossistema de investigação favorável criado pelo Centro Académico e Clínico (que junta CHUC/ULS e FMUC/Universidade), a cidade passa a acolher a sede desta infraestrutura nacional. «A PtCRIN só pode existir com bons alicerces locais, mas esta é uma instituição que fica sediada em Coimbra para trabalhar com todos», referiu ontem, em conferência de imprensa, João Sargento Freitas.
Elogiando o trabalho de criação e desenvolvimento da infraestrutura ao longo de uma década, sob a coordenação de Emília Monteiro, professora da Nova Medical School de Lisboa, o novo chefe do consórcio destacou, entre os muitos desafios que tem pela frente, o de «multiplicar» o número de ensaios clínicos da iniciativa do investigador, coordenados a partir de Portugal. Na última década foram apenas dois e esse é, assumidamente, «um calcanhar de Aquiles que temos na investigação clínica nacional», referiu, corroborando a sua antecessora.
Segundo Tiago Alfaro, que coadjuvará Sargento Freitas na liderança do consórcio, o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra/ULS tem ativos mais de 100 ensaios clínicos de iniciativa da Indústria Farmacêutica, impondo-se o incentivo e acompanhamento a outros ensaios clínicos, que nasçam de áreas de interesse específicos na academia ou no ambiente hospitalar, visando a melhoria de cuidados prestados ao doente.
Carlos Robalo Cordeiro, diretor da FMUC, revelou que, no âmbito do Centro Académico Clínico será em breve criada a terceira Clinical Trial Unit (CTU) de Coimbra, que se junta às unidades de ensaios clínicos já existentes no ICNAS e no IBILI. Até ao final deste semestre, adiantou, devem ser lançados concursos para contratação de dois técnicos. Esta e outras iniciativas que articulam estrutura universitária e estrutura hospitalar de Coimbra concorrerem para o desígnio do PtCRIN, defendeu.
O presidente da ULS de Coimbra, Alexandre Lourenço, lembrou que «não existem unidades de saúde de excelência sem investigação de excelência» e sublinhou o manancial de estudos clínicos de uma ULS que acompanha 400 mil pessoas em todo o seu ciclo de vida e nos diversos níveis de serviços de saúde.

Tasca do Ronaldão



Edição de Hoje, Jornal, Jornais, Notícia, Diário de Coimbra, Diário de Aveiro, Diário de Leiria, Diário de Viseu