Jornal Republicano – Órgão Regionalista das Beiras – Há 94 anos a informar
Fundador: 
Adriano Lucas (1883-1950)
Diretor "In Memoriam":  
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Prisão e expulsão do país por tentar matar mulher


Quarta, 13 de Março de 2024

Um homem de 44 anos, residente em Cantanhede, foi condenado pelo Tribunal de Coimbra a sete anos de prisão efetiva e a expulsão do território de Portugal, por um período de 10 anos, pelo crime de homicídio qualificado, na forma tentada – tentou matar a mulher com recurso a uma arma branca (faca). No despacho de acusação do Ministério Público constavam ainda os crimes de violência doméstica agravado e de ameaça agravada, dos quais o arguido fora absolvido.
O arguido, atualmente em prisão preventiva, ouviu a leitura do acórdão com recurso a videoconferência, onde ficou a saber que terá ainda de indemnizar a vítima, sua ex-companheira, em 20 mil euros por danos não patrimoniais, e a pagar os tratamentos hospitalares decorrentes da sua conduta nos dias em que ocorreram os factos (29 de janeiro de 2023), no valor de 2.439 euros. «Aproveite os anos e que está preso para pensar na sua vida e quando regressar ao Brasil terá, certamente, apoio para refazer a vida», frisou o presidente do coletivo após a leitura do acórdão, sublinhando que no decurso do julgamento o arguido admitira os factos relativos à tentativa de homicídio.
Arguido e vítima, ambos de nacionalidade brasileira e com uma filha em comum, encontravam-se separados mas «a partilhar a mesma habitação», localizada em Cantanhede, por via de atravessarem um período de graves problemas financeiros.

CCDR Funtos Europeus