Jornal Republicano – Órgão Regionalista das Beiras – Há 93 anos a informar
Fundador: 
Adriano Lucas (1883-1950)
Diretor "In Memoriam":  
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Câmara de de Coimbra delega competências no iParque para a captação de investimento e gestão de parques


Quinta, 30 de Novembro de 2023

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra, José Manuel Silva, e o presidente do Conselho de Administração do iParque – Parque para a Inovação em Ciência, Tecnologia e Saúde, Ricardo Lopes, assinaram na segunda-feira, dia 27 de novembro, na Câmara Municipal de Coimbra, um contrato-programa que define a delegação de competências no iParque para a captação de investimento e gestão de parques empresariais. Um protocolo que surge no âmbito da estratégia orientada para impulsionar o desenvolvimento económico do Município e criar oportunidades de emprego sustentável.

Esteve, também, pressente na assinatura deste documento, aprovado na última reunião da Assembleia Municipal, de 26 de setembro, e votado pelo executivo municipal a 18 de setembro, o vereador responsável pelo pelouro do Empreendedorismo, Investimento e Emprego, Miguel Fonseca, e ainda o nova vogal do Conselho de Administração do iParque, Joana Martins.
 
O contrato-programa contempla a delegação de competências em diversas áreas, como a constituição de condomínios de parques empresariais, realização de estudos e projetos necessários para o seu desenvolvimento, alteração e ampliação, gestão do respetivo domínio público municipal, incluindo espaços verdes, limpeza urbana, e colocação/reparação/substituição de sinalização vertical ou de sinalética, criação e gestão de comunidades de energia e/ou outras atividades que venham a ser identificadas para exploração em domínio público municipal.

É delegada, também, a competência relativa ao apoio ao tecido empresarial e industrial existente em Coimbra, incluindo a estruturação, decisão e criação de todas as ferramentas e instrumentos necessários para execução das diferentes atividades de gestão, bem como autonomia na identificação e abordagem das diferentes entidades do setor empresarial do município de Coimbra, e autoridade para participar, intermediar e cobrar pela prestação de serviços”, assim como a competência relativa à responsabilidade na atração de investimento, nomeadamente na identificação e contacto de potenciais investidores, em conjunto com o Departamento de Desenvolvimento Económico, Empreendedorismo, Competitividade e Investimento, sujeito à obtenção das necessárias aprovações do órgão câmara municipal, avaliar, negociar e executar projetos de investimento.

Pelo exercício das competências delegadas, nos termos do contrato-programa, o município de Coimbra compromete-se ao pagamento anual de 350 mil euros dividido em duas fases, uma de 150 mil euros e outra de 200 mil euros até ao final do mês de junho de 2024. Refira-se que este montante está próximo do valor que a Câmara de Coimbra pagou nos últimos anos correspondente ao reequilíbrio financeiro da empresa municipal, contudo o modelo proposto define objetivos e contrapartidas para o município. O contrato-programa vai vigorar pelo prazo de um ano, podendo ser renovado, sucessivamente, por iguais períodos, até ao máximo de três anos, mediante aprovação prévia da Câmara de Coimbra.

Suplementos Temáticos



Edição de Hoje, Jornal, Jornais, Notícia, Diário de Coimbra, Diário de Aveiro, Diário de Leiria, Diário de Viseu