Jornal Republicano – Órgão Regionalista das Beiras – Há 87 anos a informar
Fundador: 
Adriano Lucas (1883-1950)
Director "In Memoriam":  
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Figueira da Foz com primeira área demarcada de ondas para o surf


sábado, 12 agosto 2017
As ondas do Cabo Mondego, entre a Murtinheira e o Cabedelo, são a partir de ontem, formalmente reconhecidas como “ondas com especial valor para a prática dos desportos de deslize (nível1)”, com a entrada em vigor do Programa da Orla Costeira (POC) Ovar - Marinha Grande, publicado dia 10, em Diário da República. Um reconhecimento que surge na sequência da proposta do “Movimento Cívico SOS Cabedelo”, na discussão pública do POC (em final de 2015). Depois de terem garantido a inscrição da mais importante onda da Figueira na revisão do Plano Nacional Estratégico do Turismo (em 2013), bem como a primeira reserva mundial de surf (Ericeira), a onda mais alta (Nazaré), a mais comprida (Figueira da Foz) e a mais tubular (Peniche) do continente europeu, no relatório do Grupo de Trabalho do Litoral (2014), Miguel Figueira e Eurico Gonçalves congratulam-se, em nota de imprensa, com esta distinção positiva «que consagra estas ondas numa categoria superior - Nível I, ao nível do Ordenamento do Território, comprometendo directamente a acção das entidades públicas que intervêm na costa na sua salvaguarda e protecção», referem no documento.
Leia a notícia completa na edição em papel.